Ejercicio 2016

Remunerações da diretoria

2016     
Integrantes da DiretoriaCargoVerba para a Diretoria (US$)Verba para o Comitê de Diretores (US$)Verba para o Subcomitê (US$)Total (US$)
Maurício AmaroPresidente25.029-1.99227.021
Francisco Luzón LópezDiretor2.470--2.470
Juan José Cueto PlazaDiretor19.071-13.87932.950
Ramón Eblen KadisDiretor19.07125.55512.49757.123
Juan Gerardo Jofré MirandaDiretor19.07125.55512.49757.123
Carlos Heller SolariDiretor15.576--15.576
Georges Antoine de Bourguignon ArndtDiretor19.07125.55512.48957.115
Ricardo J. CaballeroDiretor6.212-2.9769.188
Henri Philippe ReichstulDiretor13.774-10.02423.798
2015     
Integrantes da DiretoriaCargoVerba para a Diretoria (US$)Verba para o Comitê de Diretores (US$)Verba para o Subcomitê (US$)Total (US$)
Maurício AmaroPresidente38.315-9.22447.539
Francisco Luzón LópezDiretor15.333-10.73526.068
Juan José Cueto PlazaDiretor21.106-13.83934.945
Ramón Eblen KadisDiretor21.10623.15012.26156.517
Juan Gerardo Jofré MirandaDiretor21.10628.28215.34464.732
Carlos Heller SolariDiretor15.349-1.52716.876
Georges Antoine de Bourguignon ArndtDiretor21.10628.28212.25261.640
Ricardo J. CaballeroDiretor15.360-9.23324.593
Henri Philippe ReichstulDiretor21.106-10.80431.910

Fica estabelecido que as remunerações informadas correspondem a verbas de assistência mensal a diretorias e comitês da Diretoria, conforme aprovado pela Assembléia Geral Ordinária de Acionistas da empresa, realizada em 28 de abril de 2015.

Durante o exercício de 2016, tanto a Diretoria como o Comitê de Diretores não realizaram despesas extras a título de assessorias.

Organograma

No dia 22 de março de 2017, o LATAM Airlines Group anuncia a reorganização de sua alta administração, seguindo uma tendência mundial do setor aéreo, que busca construir uma estrutura mais simples e eficiente, que atenda às necessidades dos mercados onde atua e enfrente o ambiente competitivo cada vez mais difícil.

O Grupo se reestruturará, enfatizando quatro grandes áreas, que serão a base da estratégia de negócios e que serão diretamente subordinadas ao CEO da empresa, Enrique Cueto: Clientes; Receitas; Operações e Frota; e Finanças; cada uma delas liderada por executivos atuais da LATAM, que já construíram uma história de destaque no Grupo, executando projetos de grande envergadura para ele. Além disso, serão subordinadas ao CEO as áreas de: Recursos Humanos, Jurídica, Planejamento, Tecnologia, Segurança e Assuntos Corporativos.

 

Em 2016, o LATAM Airlines Group pagou ao conjunto de seus principais executivos um total de US$40.194.453, além de US$14.980.291 correspondentes a incentivos por desempenho pagos em março de 2017. Portanto, a Empresa pagou a seus principais executivos uma remuneração bruta total de US$55.174.744.

Durante o ano de 2015, o LATAM Airlines Group pagou ao conjunto de seus principais executivos um total de US$40.194.453, além de US$13.789.916 correspondentes a incentivos por desempenho pagos em março de 2016. Portanto, a Empresa pagou a seus principais executivos uma remuneração bruta total de US$54.194.311.

Planos de Remuneração 2011

  • Planos de remuneração por aumentos de capital

(1) Plano de remuneração 2011

Em 21 de dezembro de 2016 venceu o prazo de subscrição e pagamento das 4.800.000 ações correspondentes ao plano de remuneração aprovado na Assembléia Geral Extraordinária de Acionistas realizada em 21 de dezembro de 2011 (o “Plano de Remuneração 2011”).

Do total de ações destinadas ao Plano de Remuneração 2011, apenas 10.282 ações foram subscritas e pagas, tendo sido colocadas no mercado em janeiro de 2014. Atendido o anterior, na data de vencimento, o Plano de Remuneração 2011 contava com um saldo de 4.789.718 ações aguardando subscrição e pagamento, que foi deduzido do capital autorizado da Empresa.

(2) Plano de remuneração 2013

Na Assembléia Geral Extraordinária de Acionistas realizada em 11 de junho de 2013, os acionistas da Empresa aprovaram, entre outros assuntos, a emissão de 1.500.000 ações destinadas a planos de remuneração para os trabalhadores da Empresa e de suas filiais (o “Plano de Remuneração 2013”).

O Plano de Remuneração 2013 tem as seguintes características gerais:

  1. As opções atribuídas a cada trabalhador vencerão em sua totalidade no dia 15 de novembro de 2017, sujeitas à permanência deles Empresa.
  2. Uma vez vencidas as opções na data mencionada acima, o trabalhador poderá exercê-las integralmente ou parcialmente, devendo, nesse caso, subscrever e pagar as respectivas ações à vista no ato da subscrição, em dinheiro, cheque, cheque administrativo, transferência eletrônicas de fundos ou qualquer outro instrumento ou efeito que represente dinheiro pagável à vista. Os exercícios parciais não poderão ser realizados em quantidade inferior a 10% do total das opções outorgadas ao Trabalhador.
  3. O prazo no qual o trabalhador deverá exercer as opções, uma vez vencidas cf. exposto no item 3) anterior, vencerá no dia 11 de junho de 2018. Caso o trabalhador não tenha exercido nem renunciado às opções dentro desse prazo, se entenderá, para todos os efeitos, que ele renunciou às opções e que, portanto, extinguiram-se todos os direitos, as faculdades, as promessas ou as ofertas em relação à subscrição das ações de pagamento da empresa, e que o trabalhador renunciou irrevogavelmente a qualquer direito ou faculdade em relação a elas, ficando a empresa isenta de qualquer obrigação.

4. O valor a ser pago por cada ação destinada ao plano de Remuneração 2013 caso sejam exercidas as respectivas opções será US$16,40. A partir do primeiro dia do período de opção preferencial e até a data de subscrição e pagamento das ações, esse valor indicado em Dólares será reajustado de acordo com a variação do Índice de Preços ao Consumidor (Consumer Price Index, “CPI”) publicado mensalmente pelo Departamento do Trabalho dos Estados Unidos da América. O pagamento do preço de subscrição será efetuado em pesos, moeda nacional, de acordo com a taxa de câmbio Dólar Observado publicado no Diário Oficial na mesma data da subscrição e do pagamento das ações. Em relação ao plano de Remuneração 2013, ainda não há uma data definida para sua implementação, de forma que não existem ações atribuídas para lançamento neste plano.

(3) Plano de Remuneração 2016-2018

A Empresa implementou um plano de retenção de longo prazo para executivos, com duração até dezembro de 2018, com um período de exigibilidade entre outubro de 2018 e março de 2019, que consiste numa gratificação extraordinária cuja fórmula de cálculo tem por base a variação do valor das ações do LATAM Airlines Group S.A. durante um determinado período de tempo.