Colombia

A companhia aérea mais pontual da Colômbia, pelo quarto ano consecutivo

A Colômbia é o terceiro maior mercado de tráfego aéreo da América Latina, com uma taxa de 0,7 viagens per capita ao ano, indicador que apesar de superar a média dos países da região onde a Companhia está presente, ainda está muito distante das taxas apresentadas em países desenvolvidos, como Estados Unidos e Inglaterra, com duas ou mais viagens por pessoa ao ano.

O ano de 2016 apresentou grandes desafios para o setor aéreo internacional na Colômbia, devido à alta do dólar e à desaceleração econômica do país, somados à crescente concorrência que segue caracterizando o mercado (no final do ano tiveram início as operações da Wingo, uma nova companhia aérea de baixo custo de propriedade da Copa Airlines). Apesar de as tarifas terem caído 13%, a quantidade de passageiros transportados em voos internos cresceu 4,4%, evidenciando uma redução do dinamismo que a operação doméstica vinha apresentando na última década, com taxa de expansão média de 11% ao ano.

Neste cenário, a LATAM Airlines Colômbia continuou consolidando sua proposta de valor focada no cliente e, ao mesmo tempo, sua competitividade e eficiência, através da redução dos custos operacionais a fim de repassá-los às tarifas e, assim, manter níveis de rentabilidade sustentáveis ao longo do tempo.

Presente no país há cinco anos, durante este período a Companhia se manteve como segunda maior companhia aérea do mercado nacional com 4,8 milhões de passageiros transportados em voos domésticos, 4,4% a mais que em 2015, e participação de 21,1% medida em RPK, com crescimento de 0,7 ponto percentual sobre o ano anterior.

Nas rotas domésticas, a Companhia concorre com a colombiana Avianca, líder do mercado com 58,1%, bem como Viva Colombia (13,8%), Satena (3,0%), Easy Fly e Copa/Wingo, com menos de 2% cada, entre as principais.

A LATAM Airlines Colômbia atende 14 destinos no mercado local, oferecendo uma ampla conectividade a partir de Bogotá e Medellín. Em 2016, seu tráfego consolidado de passageiros (RPK) aumentou 8,9%, enquanto que a capacidade (ASK) cresceu 6,8%, levando a uma taxa de ocupação de 80,3%, representando um aumento de 1,5 ponto percentual em relação a 2015.  Vale destacar que a partir de julho a Companhia suspendeu a operação da rota Cali-Medellín-Cali, que operava com duas frequências diárias, mas a conectividade entre as duas cidades permaneceu inalterada a partir de Bogotá.  A decisão de suspender esta rota foi tomada considerando o baixo índice de ocupação de passageiros nos voos.

A partir de março de 2017, a Companhia começará a operar duas novas rotas dentro do país, como Cartagena-San Andrés e Medellín-Santa Marta, inicialmente com quatro frequências semanais para cada uma. Desta forma, o Grupo LATAM busca fortalecer sua malha de conexões na Colômbia e continuar dinamizando a demanda de passageiros para o norte do país, com voos que conectam diretamente cidades diferentes de Bogotá, dando um novo passo em direção à descentralização de suas operações domésticas.

Para atender seus voos nacionais, em 2016 a Companhia utilizou uma frota composta por 17 aeronaves Airbus da família A320, duas a mais que no ano anterior, das quais oito correspondem ao modelo Airbus A320 e nove ao Airbus A319, que a LATAM Airlines Colômbia começou a operar em outubro de 2016, todos equipados com o moderno sistema de entretenimento de bordo sem fio da LATAM, que funciona através de um aplicativo móvel.

Em termos de atendimento, um dos marcos do período foi a consolidação da LATAM Airlines Colômbia, pelo quarto ano consecutivo, como a companhia aérea mais pontual do país em rotas domésticas, com 97,4%, de acordo com o último relatório de conformidade de companhias aéreas publicado pela autoridade aeronáutica colombiana no primeiro semestre de 2016. Este reconhecimento vai ao encontro do grande esforço empreendido pela Companhia para continuar promovendo a cultura da pontualidade dentro da organização, investindo em treinamento, tecnologia e frota moderna. Para a LATAM Airlines Colômbia, a pontualidade é um atributo que a diferencia perante o cliente.

Além disso, a Secretaria do Meio Ambiente reconheceu a LATAM Airlines Colômbia como uma das empresas líderes em gestão e desempenho ambiental de Bogotá (Programa Excelência Ambiental Distrital, PREAD). Após uma avaliação rigorosa de mais de 100 empresas, a Companhia ingressou no nível “Excelência ambiental, gerando desenvolvimento sustentável”, do qual fazem parte as organizações que, além de cumprirem com as normas ambientais, possuem um sistema de gestão ambiental baseado no melhoramento contínuo, que permite cumprir com seus indicadores de desempenho ambiental.

Neste sentido, e pelo terceiro ano consecutivo, vale destacar que a LATAM Airlines Colômbia compensou suas emissões de CO2 em terra do ano de 2015 com a compra de 1.335 bônus de carbono no projeto de restauração de áreas degradadas em Cáceres, localizado no noroeste da Colômbia, no departamento de Antioquia. No total, a Companhia compensou 3.346 toneladas de dióxido de carbono correspondentes às suas emissões em terra entre 2013 e 2015.

Colombia

4,8 milhões de passageiros

17 aviões

14 destinos

21% market share