Peru

Líderes em uma das economias com melhor desempenho na região

O Peru se destacou novamente em 2016 como uma das economias com melhor desempenho na região, encerrando o exercício com um crescimento de aproximadamente 3,8% no PIB (contra 3,3% em 2015), de acordo com as estimativas do Fundo Monetário Internacional. Neste contexto, o tráfego aéreo de passageiros no mercado doméstico continuou crescendo, chegando a mais de 10 milhões de pessoas transportadas no período.

Com 17 anos de presença no Peru, o modelo de tarifas econômicas utilizado pelo Grupo LATAM desde 2006 tem sido determinante para o crescimento do mercado doméstico, que quase triplicou na última década.

Com 6,6 milhões de passageiros transportados em voos nacionais, 6,7% a mais que em 2015, a LATAM Airlines Peru manteve sua posição como principal operadora destas rotas, com 61,4% do mercado. Suas principais concorrentes são a Peruvian Airlines e a Avianca, que neste período alcançaram participações de 12,5% e 11,9%, respectivamente, seguidas pela LC Perú, com 8,4%, e a Star Perú, com 4,5%.

Seu tráfego consolidado de passageiros (RPK) aumentou 6,5%, enquanto que a capacidade (ASK) cresceu 8,0% em relação a 2015, levando a uma taxa de ocupação de 80,4%, representando uma queda de 1,2 ponto percentual em relação ao exercício anterior.

A LATAM Airlines Peru atende 17 destinos dentro do país, oferecendo uma ampla variedade de voos diários a fim de atender à demanda e gerar maior tráfego de passageiros. A Companhia oferece, por exemplo, 22 voos diários para Cusco, além de 10 para Arequipa, 6 para Piura, 5 para Iquitos, 4 para Chiclayo, Juliaca, Tarapoto e Trujillo, 3 para Tacna e Pucallpa, 2 para Ayacucho Cajamarca, Puerto Maldonado, Tumbes e Talara.

Em setembro de 2016, a Companhia lançou seu 17º destino no país com a inauguração da nova rota para Jaén (província de Cajamarca), com voo diário a partir de Lima. Isto só foi possível graças às melhorias implementadas pela Dirección de Aeronáutica Civil (DGAC) e pela Corporación Peruana de Aeropuertos y Aviación Comercial (CORPAC) no terminal aéreo desta cidade, localizado na região noroeste do Peru, cuja grande atração turística é o sítio arqueológico de Kuelap. Desta forma, a Companhia avançou em seu objetivo de continuar melhorando a conectividade dentro do país, oferecendo mais opções de voo aos peruanos e contribuindo para o desenvolvimento do turismo e do comércio.

Para atender as rotas domésticas, a Companhia utilizou uma frota composta por 18 aeronaves da família Airbus A320, uma a mais que em 2015. Como parte da melhoria constante do serviço oferecido aos passageiros, neste período a LATAM Airlines Peru deu início ao seu plano de renovação de frota, incorporando no mês de outubro cinco modernos Airbus A320, substituindo cinco Airbus A319 que operavam até esta data. Com capacidade para 174 passageiros, contra 144 no modelo A319, estas aeronaves permitem transportar mais pessoas sem a necessidade de aumentar as frequências, proporcionando grandes vantagens em eficiência e conforto para os passageiros.

Dentre os feitos mais importantes do ano destaca-se o reconhecimento obtido pela LATAM Airlines Peru, pelo segundo ano consecutivo, na premiação “Empresas Mais Admiradas do Peru” de 2016 (EMA), em sua quinta edição, ficando em 5º lugar no ranking elaborado pela consultoria internacional PwC Peru e pela Revista G de Gestión, conforme avaliação realizada por 4,5 mil executivos do país (pertencentes a 1,5 mil empresas) através de uma pesquisa que determina o desempenho das empresas em oito atributos fundamentais para serem consideradas referência em excelência. Além disso, a Companhia também foi eleita uma das 10 empresas peruanas mais atrativas para se trabalhar no país, e obteve a 11ª colocação no ranking Top 15 Empregadores Favoritos do Mercado 2016 (de reputação corporativa).

Pelo segundo ano consecutivo, a LATAM Airlines Peru também recebeu o prêmio da Fundación Corresponsables de España pelo projeto “Voos Noturnos para Cusco com Tecnologia RNP (Required Navigation Performance)” de navegação por satélite, no âmbito das iniciativas de Responsabilidade Social Empresarial (RSE). O sistema RNP utilizado na rota Lima-Cusco (desde setembro de 2013) é um exemplo de sucesso das práticas de geração de receita implementadas pela Companhia. Esta tecnologia utiliza aviônica avançada (disciplina que estuda as técnicas eletrônicas que se aplicam à navegação aérea) e é apoiada por um guia de satélites, permitindo trajetos mais precisos e operação com maior segurança em condições de baixa visibilidade, evitando atrasos e cancelamentos de voos.

Ademais, pelo terceiro ano consecutivo a LATAM Airlines Peru foi a única empresa de transporte do país e da América do Sul a obter o Selo Empresa Socialmente Responsável (ESR®) da Asociación Civil Perú 2021 no Centro Mexicano para la Filantropía (CEMEFI). Esse é um reconhecimento conferido às empresas que assumem pública e voluntariamente o compromisso de integrar a gestão socialmente responsável à sua cultura e estratégia de negócio.

A Companhia também ficou em primeiro e segundo lugar na Categoria Spot e Vídeo Online do Prêmio DIGI 2016, por suas campanhas “Navidad en modo avión” e “Te quiero hasta el cielo”, respectivamente.

Perú

6,6 milhões de passageiros

18 aviões

17 destinos

61% market share